POR UMA AMAZÔNIA PRESERVADA

Este blog é uma ferramenta alternativa de notícias sobre o meio-ambiente e suas problemáticas, pretendendo alcançar os mais variados públicos possíveis, e em especial os jovens acadêmicos. Isso é para que juntos possamos lutar pela proteção de nossa biodiversidade e pela conscientização de nossa tão teimosa espécie humana.

Dedico esse blog alternativo para um grande ambientalista do nosso estado, dr. Paulo Roberto Neme do Amorim, proprietário da RPPN REVECOM, e sua incansável luta por uma Terra melhor. Estarão sempre presentes notícias e curiosidades sobre a reserva REVECOM.

“Sempre falamos em deixar uma Terra melhor para nossos filhos, questiono-me sobre quando vamos pensar em deixar filhos melhores para nossa Terra!!!”


segunda-feira, 19 de abril de 2010

Óleo de Cozinha é Inimigo da Natureza

O óleo utilizado para frituras rotineiramente em nossas casas é um grande agente poluidor da Natureza. Essa substância viscosa costuma ser erroneamente descartada pela maioria da população em ralos de pias, o que pode provocar entupimento dos ralos e gravíssimo impacto ambiental nos rios ou mares onde o esgoto é despejado.


Poucas pessoas conhecem o perigo que o óleo de cozinha representa para nossos recursos hídricos – já tão poluídos -. Assim como as o vazamento de petróleo nas águas é altamente prejudicial à vida aquática, o despejo de óleo oriundo de milhares de casas e cozinhas industriais em ralos também diminui a possibilidade de vida de muitos animais.

De acordo com Emília Leopoldina (gestora ambiental e mestranda do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da UnP), ao entrar em contato com os mananciais hídricos, o óleo de cozinha cria uma camada em cima da água (como conseqüência da sua característica hidrofóbica) que impede a penetração solar, causando a morte da fauna aquática, já que a oxigenação da água fica impossibilitada devido à morte de algas responsáveis pela produção de oxigênio. “Além disso, quando despejado, o óleo pode ir para o solo, impermeabilizando-o e podendo causar processos de enchente. Ele também pode eliminar gás metano em contato com o sol, o que propicia a chuva ácida”.

É importante lembrar, diante de todas essas informações, que no estado do Amapá não há trabalhos de conscientização da população sobre essa problemática, nem local adequado para a coleta de óleo, e principalmente, nenhum tipo de tratamento das águas dos esgotos, que são despejadas diretamente nos rios e igarapés da bacia amazônica.

O QUE VOCÊ PODE FAZER COM O ÓLEO DE COZINHA DESCARTADO EM SUA CASA?

Ah, isso é fácil! Pois adotando simples e pequenas medidas, inclusive dentro da sua casa, você pode ajudar a parar essa poluição:

a) Não jogue óleo da sua cozinha em ralos, guarde-o em uma garrafa tampada e depois que ela estiver cheia, jogue-a bem lacrada no lixo;

b) Aprenda e ensine sua família e amigos sobre como fazer sabão com esse óleo já utilizado. É bom para a economia das despesas da casa e para a Natureza;

c) Pesquise a fundo e alerte sobre os perigos da poluição causada pelo óleo aos seus amigos e familiares, para que eles também colaborem com uma Terra melhor; e

d) Procure saber como você e seu bairro podem montar um centro de reciclagem de óleo, onde o resto descartado pelas casas seriam doados ao centro para a produção de sabão.

A NATUREZA AGRADECE A SUA PREOCUPAÇÃO!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário